Como viajar de avião com o cachorro?

Como viajar de avião com o cachorro?

janeiro 13, 2018 Pet 3

Vou compartilhar algumas dicas de como preparei a viagem do Van Gogh (lhasa apso). Eu pesquisei tanto na Internet e, agora, quero deixar minha contribuição para quem tiver dúvidas.

O Van fez uma viagem de avião de 2h50min de Brasília para Manaus.  Fomos de Latam. Ele não latiu, nem fez xixi de nervoso. Fez sucesso e foi bastante fotografado durante o voo.

Antes dessa parte maravilhosa da chegada tranquila, houve uma preparação com começou com 3 meses de antecipação. Coloquei as vacinas dele em dia. A Latam cobra o cartão de vacinação com a antirrábica aplicada no prazo máximo de um ano e mínimo de um mês. No dia anterior à viagem, a veterinária dele fez exames e nos entregou um atestado da saúde dele autorizando a viagem.

A Latam também me pediu para levar uma focinheira. Como podem ver, o Van é um lhasa apso (branquicéfalo). Quase não encontro uma focinheira do tamanho dele. Levei na bolsa porque era obrigatório, mas seu uso não foi cobrado. Ainda bem!

No dia da viagem, não mudei a rotina dele: alimentação e passeios na mesma hora. Nosso voo foi às 23h. Escolhi de propósito por ser no horário que o cachorro já estaria zerado  de número 1 e 2 (rs). Não fiz caminhadas a mais com ele porque só o trajeto dentro da área de checkin e sala de embarque já cansou bastante o Van.

Levei água e ele só bebeu antes do voo. Durante ele não quis. Também não aceitou os petiscos que levei. Ficava mais empolgado com a janela. Outra coisa: também levei tapete higiênico na mochila, mas não foi necessário.

Na hora do embarque ele entrou comigo e ficou no meu colo. Às vezes ficava embaixo do assento à minha frente. No caso do Van, ele é um cão de apoio emocional e, por isso, não precisa de bolsa transporte. Para oficializar isso, entrei em contato com a Latam 2 semanas antes do meu voo e submeti meu atestado médico. Em seguida consegui a autorização para ele viajar comigo. Essa autorização vale por um ano e é só para os voos domésticos.

Foi super tranquilo! O Van foi adestrado por mim e foi um verdadeiro lord durante o voo.  Eu ganhei muitas lambidas, como sempre \o/

 

Redes Sociais

Instagram @Blog_Prestencao

Twitter @Blog_Prestencao

Facebook Blog Prestenção

 

3 comentários

  1. Myrian disse:

    Qual o peso do seu Van?
    Não precisou da caixa de transporte?
    O que é cão de apoio. Fiquei interessada. Tenho uma lhasa de nome Nana.

    • admin disse:

      Oi Myrian, o cão de apoio emocional é indicado nos tratamentos via psicólogos ou médicos. Nem eles, nem o cão-guia de cegos vão em caixas de transporte. Eles podem ir no colo ou ao lado do passageiro, dependendo do tamanho.

  2. Vanessa disse:

    Adorei o seu relato…
    A minha shih tzu Bella também é de apoio emocional e faremos nossa primeira viagem de avião de SP para Salvador com a Avianca no dia 20 deste mês. Espero que dê tudo certo e seja uma viagem super tranquila. Se der tudo certo ano que vem ela vai junto comigo pra Orlando =]
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *